×
Comentários desativados em Saiba como montar as palestras do seu evento empresarial

Saiba como montar as palestras do seu evento empresarial

Quando os resultados não aparecem e a empresa começa a caminhar com dificuldades, não resta dúvida que ter alguém capaz de aumentar o desempenho da equipe seja imprescindível.

No entanto, como montar uma palestra boa o suficiente?

As palestras exercem uma forte influência na produtividade, tendo em vista que a transmissão de conhecimento, seja qual for o meio utilizado, faz com que os participantes saiam modificados do ambiente.

É um ótimo recurso para recuperar o brio, minimizar pensamentos limitantes, buscar inspiração, entre outros aspectos.

A seguir, veja dicas importantíssimas para montar uma palestra levando em conta a ideia, a segmentação, o planejamento, os recursos e a execução de fato. Confira!

Ideia

Antes de mais nada, lembre-se o quanto é importante ter boas ideias para apresentar uma palestra que seja aceitável, ou seja, ela precisa corresponder aos objetivos do evento para que não haja falhas gritantes de comunicação.

Saber os temas que deseja abordar é um passo fundamental para cativar o público, pois se posicionar à frente de todos e tentar manter a atenção é uma tarefa difícil.

Se a empresa realizou uma análise e identificou problemas em relação às vendas, por exemplo, talvez um palestrante com expertise em técnicas de produtividade seja algo relevante para a equipe.

O ideal é sempre averiguar o que realmente atende a necessidade da companhia, porque, desse modo, as chances de agradar são bem maiores.

Segmentação

Obviamente que muito além da ideia, torna-se crucial pensar em quem vai assistir a essa palestra, uma vez que o público-alvo, seja de colaboradores, seja de leads qualificados, precisa se sentir à vontade no evento.

Visando isso, trouxemos abaixo algumas dicas relacionadas aos tipos de segmentação, a fim de facilitar o processo de identificação das melhores maneiras de palestrar.

Gênero

Em uma época em que está muito em vigor temas como diversidade LGBTQ+ e empoderamento feminino, prestar atenção no que é dito na palestra conta pontos importantes.

Caso o tema seja algo polêmico, se possível, opte por palestrantes que tenham lugar de fala e estejam de acordo com os espectadores, a fim de proporcionar uma relação de representatividade.

Idade

A forma de falar com alguém que nasceu nas décadas de 1970 e 1980 é totalmente diferente do público Millennial — chamados de nativos digitais.

Por isso, leve em questão ajustar as falas conforme a média de idade das pessoas, afinal, ninguém quer passar vergonha expondo gírias e referências que, dificilmente, as pessoas entenderão, não é verdade?

Nível de instrução 

Nem todo mundo dispõe de uma carreira acadêmica consolidada, o que leva a ponderarmos o discurso para se encaixar com o nível de instrução das pessoas, visando a compreensão.

A didática terá variação conforme a receptividade do público e proposta da empresa, isto é, frases em outros idiomas, pesquisas científicas e conceitos complexos devem ser explicados se forem necessários.

Preferências do público

Imagine que você queira muito uma pizza de determinado sabor, mas acaba recebendo algo totalmente diferente do que esperava, algo que, convenhamos, seria suficiente para tirar do sério, certo?

O conceito também se aplica à palestra, sendo que o profissional deve seguir o contexto do tema, entregando o valor esperado pelo público a partir das preferências de cada um.

Planejamento

Na fase estratégica de como montar uma palestra, você precisa considerar quem terá a coragem de falar em público e expor as ideias que os gestores tiveram, sendo que, dependendo do(a) profissional escolhido(a), isso pode atrair ou afastar as pessoas.

Para que analise com coerência, veja abaixo se compensa mais um palestrante interno ou externo.

Palestrantes internos

Se você tem um colaborador que se dedica bastante e exerce um poder de liderança fora do comum, nada impede de utilizar essa pessoa como exemplo para falar aos demais.

Esse tipo de atitude valoriza o funcionário e gera até novas perspectivas de trabalho, uma vez que a palestra sendo boa, pode-se aproveitar esse ativo intelectual para ministrar treinamentos, cursos ou workshops.

Palestrantes externos

Todavia, caso queira angariar mais comentários em relação ao evento e, com isso, chamar a atenção do seu público-alvo, você pode muito bem contratar um palestrante de fora.

Desde que os valores correspondam a verba direcionada na gestão de orçamento, nada impede que a companhia chame alguém gabaritado para destrinchar sobre um tema específico.

Recursos

Partindo do princípio que você já tenha uma boa ideia e o(a) palestrante que fará tudo isso acontecer de fato, resta arquitetar o planejamento de recursos, ou seja, analisar a infraestrutura responsável por abrigar o evento corporativo.

As parcerias estratégicas nessas horas contam muito para que tudo dê certo de verdade, pois é preciso pensar nos mínimos detalhes, como notebook, projetor, iluminação, microfone etc.

Se o seu evento será presencial, mas terá transmissão online, por exemplo, lembre-se de conferir se o local dispõe dos recursos básicos para um link ao vivo.

Além disso, caso o evento transcorra em uma cidade fora do eixo em que você e sua equipe convivem, procure o apoio de empresas tidas como DMC local, pois elas terão totais condições de orientar qualquer organizador para que tudo saia perfeito.

Execução 

Na última etapa, sabendo que as demais estão nos eixos, resta preparar a divulgação do evento e ajustar os últimos detalhes para que a palestra aconteça na data e no horário estipulado. Independentemente se você anunciará por meio de aplicativos, redes sociais, flyers, boca a boca ou demais estratégias de marketing, lembre-se sempre de enaltecer a proposta do tema e os respectivos benefícios.

Fique de olho para não endeusar demais o(a) palestrante, afinal, inflar o ego da pessoa pode ser uma faca de dois gumes se ele(a) não corresponder às expectativas do público.

No mais, sempre que puder, disponibilize um certificado de participação e crie um formulário rápido e objetivo para colher a opinião dos participantes sobre a palestra, com o propósito de mensurar resultados e remodelar estratégias.

Para finalizarmos, perceba que para montar uma palestra é preciso atentar a vários fatores que podem representar o sucesso do evento, trabalhando-os em conjunto para que a ideia seja compreendida e o público aproveite a experiência ao máximo.

Se você gostou deste artigo e quer entender melhor sobre temas empresariais, então aproveite agora para baixar o nosso poderoso Guia dos Eventos Corporativos!